Panquecas de Aveia, Banana e Geleia de Uvas

A nossa receita de panquecas de aveia com banana e geleia de uva para o pequeno almoço ou sobremesa que finaliza uma refeição mais ligeira.

Anúncios

Para um pequeno almoço de domingo ou para uma sobremesa que finaliza uma refeição mais ligeira, sugerimos a nossa receita de panquecas de aveia com banana e geleia de uva.

Para a quantidade de panquecas que vê na fotografia usámos os seguintes ingredientes:

  • 1 chávena de chá de farinha de aveia. Se não tiver farinha de aveia use flocos que serão depois triturados conforme indicamos mais a baixo
  • 1 banana bem madura. ½ para a massa e a restante para cortar em rodelas e colocar no topo das panquecas
  • 2 colheres (sopa) de leite vegetal, pode ser de aveia, de amêndoa, de arroz
  • 1 chávena de chá de água
  • 1 ovo (inteiro)
  • Geleia de uvas (receita da Geleia de Uva)
  • Iogurte grego
  • Frutos vermelhos, que pode ter sempre em casa, comprando-os na época e guardando no congelador.
  • canela e mel a gosto

Preparação:

Numa tigela estreita e alta, misture a farinha ou flocos de aveia, com o leite, o ovo, meia banana cortada aos pedaços, e a água. Com a varinha mágica triture tudo muito bem. Se a massa estiver muito espessa junte mais um pouco de água. A massa deve ficar bem leve de modo que caia e se espalhe facilmente.

Barre uma frigideira pequena e anti-aderente, com uma gordura saudável que pode ser azeite ou alguma manteiga/óleo vegetal. Deixe aquecer bem e adicione uma concha de massa agitando a frigideira para que se espalhe bem. Vire com a ajuda de uma espátula para cozinhar dos 2 lados. Depois de corada, coloque num prato de servir e barre com um pouco da geleia de uva. Vá repetindo todo o processo adicionando um pouco de gordura entre cada panqueca.

No prato, as panquecas vão ficando sobrepostas e barradas com o doce de uva. No final, depois de arrefecerem e antes de levar à mesa, cubra com um iogurte grego, decore com os frutos vermelhos e a restante banana às rodelas.  De acordo com o seu gosto, pode polvilhar com canela e deixar cair um fio de mel que lhe dará um tom mais brilhante.

O que usar “Farinha de aveia” ou “Flocos de aveia”? A escolha é sua, conheça as características de cada um dos produtos:

Flocos de Aveia: os grãos inteiros da aveia são prensados, por isso, conserva todos os nutrientes e fibras do grão. Mais ou menos finos, têm as mesmas propriedades nutricionais, por isso escolha o tamanho dos flocos de acordo com o uso culinário que pretende fazer.

Farinha de aveia: é obtida da parte mais interna do grão e por isso contém menos fibras do que os flocos, mas contém grande quantidade de nutrientes e é mais versátil para utilização em diversas receitas de doces ou de salgados.

Planta milagrosa Aloysia citrodora

Muito benéfica para a saúde, com elevadas propriedades não há como não constar do nosso cardápio e muito menos nas despensas lá de casa!

Aloysia citrodora, nome científico da planta medicinal vulgarmente conhecida por Lúcia-Lima, entre outros nomes, por exemplo no algarve é chamada bela-luísa, caracteriza-se por possuir um perfume a limão, por ser rica em óleos essenciais, por relaxar o sistema nervoso, aliviar as incómodas enxaquecas, combater os dores menstruais ou até mesmo infeções urinárias, ajudar a regular a falta de sono, a baixar a tensão arterial e ainda no tratamento da flatulência.

O Outono já chegou e os dias menos amenos são esperados, pelo que para aconchegar o estômago depois de uma refeição mais pesada ou para fazer frente a um dia mais fresco ou ainda a um chefe mal-humorado (… ahahah …) nada melhor que preparar um belo chá deste arbusto de folha caduca, com pequenas flores brancas, pinceladas de lilás aqui e ali, a fazer lembrar luzinhas.

Para fazer o chá deve utilizar as folhas e as flores secas de lúcia-lima.

bule lucia lima

Se quiser utilizar um bule do tipo da figura, deverá encher o copo com a lúcia-lima, adicionar água fervida e esperar cerca de 10 minutos. Depois é só saborear bebendo 2 a 3 chávenas por dia, de preferência sem adicionar açúcar.

Se preferir utilizar chávena então deve adicionar apenas uma colher de sopa de folhas ou flores secas em água fervida e esperar os mesmos 10 minutos

A bela-luísa tem várias aplicações na culinária. Pode ser utilizada em refrescos, saladas de frutas, e outras mais, basta colocar a arte da culinária ao serviço da saúde alimentar. Por exemplo na gelatina, gelados ou bolos e sobremesas, dê preferência ao uso de uma infusão desta planta em lugar da água. E ainda, atrevam-se e temperem saladas ou pratos de peixe, porque não?!

Sabia que

Esta aromática pode ser utilizada como repelente de insetos, mosquitos e ainda para afastar as traças dos seus armários e gavetas, conferindo um perfume bem agradável às suas roupas.

É bom para “Chuchu” este fruto sem sabor!

O chuchu é um fruto muito multifacetado numa cozinha. Devido ao seu sabor neutro é facílimo combinar com diversos ingredientes, legumes, ervas aromáticas, especiarias e outros temperos … É rico em fibras, pobríssimo em calorias, de digestão fácil e fonte de cálcio, potássio, fósforo, ferro, e vitaminas A, B e C … e esta heim?!

Devo dizer que não conhecia este vegetal da categoria dos frutos, mas a expressão “bom para chuchu”, essa sim. Em conversa com uma amiga, falou-me que tinha ido à “terra”, que a mãe lhe encheu o carro com vários produtos, incluindo chuchu, que tinha muita dificuldade em consumir tudo e caso estivesse interessada dava-me alguns. Ri-me…, pensei que estivesse a brincar comigo, mas como diz o ditado “a cavalo dado não se olha os dentes”, aceitei de imediato. Chegada a casa logo fui arrumar os legumes, mas eram só os ditos desconhecidos chuchus. E agora o que fazer com eles? Pesquisei, falei com alguns “chefs” amigos e dei conta da sua versatilidade – pode ser confecionado em sopas, refogados, tortas, suflés… ou preparado para saladas e até bolos, não deve é ser consumido cru. 

Nada melhor que preparar uma sopa para introduzir este vegetal na alimentação lá de casa. Porque não aproveitar a base de uma sopa que habitualmente confecionava, substituindo a batata por chuchu? Aqui fica a receita bem cremosa e apetitosa de Creme de cenoura e chuchu!

Ingredientes:

chuchu

  • 2 a 3 chuchus (gosto deles pequenos e assim serão 3)
  • 2 cebolas médias
  • 2 dentes de alho
  • 3 cenouras
  • 100g de abóbora
  • 1 batata
  • 1 curgete ou couve ripada ou feijão verde
  • 1 fio de azeite
  • 1 folha de louro
  • Pimenta preta
  • Tomilho
  • Água
  • Sal

Preparação:

Num tacho colocar, depois de cortados, os chuchus, as cebolas, os dentes de alho, as cenouras, a abóbora e a batata. Cobrir com água, temperar com sal e adicionar a folha de louro e levar ao lume cerca de 25 a 30 minutos. Após, retirar a folha de louro (não esquecer) e triturar com a varinha mágica. Retificar o tempero e adicionar a pimenta. Levar ao lume até levantar fervura. Sirva com um fio de azeite por cima e acompanhe este creme com crouton ou umas tostas torradas.

 

 

Outra opção é finalizar o creme com legumes a gosto, depois de levantar fervura, adicionar feijão-verde, couve ripada ou outro da sua predileção e deixar ao lume até estarem cozinhados. 

 

corgete grelhada

 

Ou se preferir, depois de levantar fervura, sirva com curgete grelhada num fio de azeite, temperada com sal, pimenta-preta e polvilhada com tomilho.

 

 

Agora é só sentar à mesa, sozinha ou bem acompanhada, e saborear … hum… deixe-me que lhe diga, é descaradamente deliciosa!!!

Sabia que:

As fibras deste vegetal exercem uma ação benéfica no trânsito intestinal, são capazes de regular a síntese de colesterol e melhorar a função cardiovascular. O efeito do potássio na redução da pressão é muito importante em doentes hipertensos.

* Como este fruto liberta uma substância viscosa que mancha as mãos, o segredo é descascá-lo debaixo de água corrente.

**Os melhores são os mais pequenos, com a pele verde e a brilhar e claro sem manchas.

Doce de flocos de aveia!

Como um cereal tão simples pode ser tão bom para a nossa saúde?! Atrevidamente delicioso e cremoso este doce de flocos de aveia

Nem todos conhecem os benefícios da aveia. Esta pode ser encontrada em flocos – grossos ou finos, farelo e farinha. Um cereal muito nutritivo e um excelente alimento que proporciona uma boa saúde aos diversos órgãos do nosso organismo. Possui vitaminas B e E, ferro, cálcio, proteínas, carboidratos e fibras. Simples o seu consumo pode-se misturar com leite, água, sumos ou frutas, ao pequeno-almoço, lanche ou até como uma sobremesa.

Mais uma receita saudável a sair da “Carta” do blogue Hucilluc – Doce de Flocos de Aveia!

Ingredientes:

  • 2 Chávenas almoçadeiras de flocos de aveia
  • Água
  • Leite
  • Pau de canela
  • Casca de limão – só a parte amarela
  • Açúcar amarelo ou
  • 2 c. de chá Stevia – adoçante natural, não tem calorias e adoça mais que o açúcar comum
  • Sal
  • Canela em pó

Preparação:

Num tacho levar ao lume os flocos de aveia cobertos com água e temperados com uma pitada de sal. Deixar a cozer em lume brando durante cerca de 3 minutos ou até a água evaporar. Adicionar as cascas de limão e o pau de canela. Deitar um pouco de leite e envolver bem, voltar a deitar leite até obter a consistência pretendida (mais ou menos líquida). Adicionar com açúcar comum ou stevia, a gosto. Retirar o pau de canela e o limão, colocar numa taça, polvilhar com canela em pó e a rematar umas sementes de chia. 

Atrevidamente deliciosa, cremosa, fácil de fazer nunca falha, em poucos minutos está pronta e no final pode-se acrescentar, dependendo do gosto de cada um, frutas diversas, canela em pó, sementes de chia, entre outras.

Bom apetite!!

 

Sabia que:

Se consumir este cereal todos os dias obtém resultados positivos no controle dos níveis de pressão arterial e de açúcar no sangue, impossibilita a transformação das gorduras diminuindo assim o colesterol, além disso as suas fibras ajudam a um bom funcionamento do trânsito intestinal. Só coisas boas!! Como um cereal tão simples pode ser tão bom para a nossa saúde.

**Mas atenção para ser verdadeiramente eficiente tem de ser consumido diariamente.