Concertos de Ano Novo – Orquestra Metropolitana de Lisboa

Aqui e Ali acontecem concertos de Ano Novo.

A Orquestra Metropolitana de Lisboa é um exemplo na área orquestral nacional, delicia os nossos ouvidos e leva-nos para mundos maravilhosos nas execuções exímias em qualidade e versatilidade com que nos brinda, nos concertos que realiza.

A Orquestra Metropolitana de Lisboa, cuja constituição regular integra músicos formados nessa escola numa aliança perfeita entre a prática e o ensino da música. Mantém uma programação regular desde 1992, pelo que comemorou, em 2017, 25 anos de vida. Saiba mais sobre a Orquestra Metropolitana de Lisboa, a sua história, os seus músicos, programação, projetos e outros temas de interesse.

Hoje é dia de Reis e, para celebrar este dia, vamos falar sobre um concerto de Ano Novo que aconteceu no passado dia 3 de janeiro no “Grande Auditório da Culturgest”, com a Orquestra Metropolitana dirigida pelo reconhecido maestro Sebastian Perlowski.

As interpretações foram muito boas, a registar dois momentos especiais, um com um solo a harpa e um outro ao som de violino.

A música transporta-nos para locais mágicos, onde é possível dançar valsas e polcas, sentir-se perdida no meio de tempestades com trovões e relâmpagos, no mundo encantado do Quebra-Nozes e dançar sobre as águas azuis de um rio com a interpretação da valsa Danúbio azul.

O maestro dirigiu na perfeição a orquestra e procurou prender o público criando momentos de interação divertidos. O ponto alto da interacção com o público resultou da intervenção de dois voluntários (primeiro um homem e depois uma mulher) no papel de maestros. Foi um momento descontraído em que a orquestra tentou seguir as indicações dos “maestros improvisados”.

O reportório:

I. TchaikovskyCapricho Italiano, Op. 45
J. Strauss II Polca Champanhe, Op. 211
A. DvořákDança Eslava N.º 7 em Dó Menor, Op. 46
P. I. TchaikovskyMarcha, do bailado O Quebra-Nozes
J. Strauss IIPerpetuum mobile, Op. 257
P. I. TchaikovskyValsa das flores, do bailado O Quebra-Nozes
W. KilarOrawa, para orquestra de cordas
J. Strauss II Polca Eljen a Magyar! (Viva a Hungria), Op. 332
A. DvořákDança Eslava N.º 8 em Sol Menor, Op. 46
J. Strauss IIPolca rápida Sob Trovões e Relâmpagos, Op. 324
P. I. TchaikovskyDança Russa (Trepak), do bailado O Quebra-Nozes
Strauss IIValsa Danúbio azul, Op. 314

A imagem de capa deste artigo foi retirada do site da culturgest

Deixamos um extrato do texto que consta no folheto da programação do evento, com o qual nos identificamos, por traduzir o nosso entendimento sobre o significado da música e de um concerto de Ano Novo.

“Brindando com palavra, pode dizer-se que a Música é uma linguagem universal, mas nem sempre a compreendemos; que é uma arte intemporal, mas o significado que traz consigo depende do tempo e do lugar onde ocorre. Tem, todavia, uma transcendente capacidade para unir pessoas em torno de um desígnio comum. A mensagem não lhe pertence, mas o propósito da celebração, seja festivo ou plangente, utópico ou prestativo, não seria partilhado de igual modo na sua ausência. Um Concerto de Ano Novo é isso mesmo, um palco de sons que acrescenta sentido aos sentimentos e às reflexões de um momento especial”

Rui Campos Leitão

FELIZ NATAL

Que o seu Ho! Hoo! Hooo! seja repleto de Ah!Ah!Ah!

Feliz Nata

Não perca nenhum sorriso!

Tanta coisa para fazer e o tempo não pára! Enquanto é nosso o tempo, gastemo-lo de forma perfeitamente consciente. Não se permita perder nenhum sorriso!

É Natal e aqui fica uma proposta de músicas para que viva com intensidade, hoje e todos os momentos, enquanto é seu o dia.

https://www.youtube.com/watch?v=9kmwY1Z3YNY

marisa

https://www.youtube.com/watch?v=0byWEzOqkrE

john

https://www.youtube.com/watch?v=y3K5oLg-Fq4

or

https://www.youtube.com/watch?v=AMnATTNx9tY

 

 

E agora um pouco de humor para um sorriso da criança que todos temos em nós.

A Lenda Pop do Natal

“Popota ao Vivo”, um grandioso espetáculo original para toda a família, cuja estreia está marcada para o próximo dia 8, sexta-feira, no Campo Pequeno às 18h. No sábado e no domingo é às 15h.

Com uma forte mensagem social e pedagógica o espetáculo “Popota ao Vivo” é não só para gente pequena mas também para os crescidos, bem agradável para toda a família. É um musical que conta a história da Popota, desde o seu nascimento até se tornar a Rainha da Pop.

Segundo o Destak a organização explicou que pretende “De uma forma pedagógica, bem-humorada e transmitindo valores fundamentais – como a amizade, o amor e a importância da família -, passamos as várias etapas da sua vida e mostramos as várias dificuldades e desafios (medos, obstáculos) que passou em busca do seu sonho de criança: ser a Rainha da Pop” e “através da sua história de esforço, dedicação e empenho, passar a mensagem aos pais e filhos de que quando acreditamos nos nossos sonhos e lutamos por eles, o impossível não existe”.

 O impossível não existe! Sonhe, deixe-se ir e distraia-se em família!

As D.A.B.A. “Lado a Lado” com os D.A.M.A

Á volta dos D.A.M.A e veja o que acontece! Bom som, boas canções, muita alegria e muito espírito solidário. Aconteceu na Casa da Musica, em 27 de novembro, um inesquecível concerto solidário dos D.A.M.A, a favor da Associação Vida Norte, uma IPSS que promove a defesa da vida e da família, apoiando e ajudando grávidas e bebés em situação desesperada e fragilizadas a construir projetos de vida e de maternidade ”Lado a Lado”.

Aconteceu os D.A.M.A. apresentarem Aqui o seu terceiro álbum de originais, editado no mês de novembro. Já com dois álbuns certificados Platina, o “Uma Questão de Princípio” e o “Dá-me um segundo”, este último incluí um dos temas mais populares da banda “Não Dá”.

“A vida é a nossa maior inspiração” – slogan da Associação Vida Norte. Inspire-se e ofereça neste Natal solidariedade e generosidade, tal como os D.A.M.A ”Lado a Lado” com esta Associação tão bem sabem fazer.

As D.A.B.A., Donna, Anna, Bella e Antonella atrevem-se a sugerir que ofereça de presente de Natal este último álbum ”Lado a Lado” dos D.A.M.A, ou outro, em jeito de agradecimento pela generosidade e espírito solidário desta banda musical, em prol das crianças e mulheres, jovens e adultas, grávidas desprotegidas. Ou seguir o seu exemplo, tornar-se amigo Aqui e ajudar a Associação através de um donativo que pode ser efetuado em géneros, numerário ou por transferência bancária.

Volta e meia e eu finjo que te esqueço, volta e meia viras tudo do avesso mas se volta e meia for aquilo que eu te peço, troca-me as voltas e vê o que acontece”. Volta e meia acontece magia. Seja solidário!

Imagem retirada da página do facebook