Cada dia é uma nova página na história da nossa vida

Feliz Páscoa! Feliz dia do Pai! Feliz aniversário! Datas memoráveis para celebrar em família e para mais tarde recordar – as memórias acontecem e são nossas.

A decisão estava tomada, vamos passar o fim-de-semana a fazer coisas giras, não importa se de galochas ou de sapatinho de verão, se de chapéu-de-chuva ou de t-shirt e boné, com este tempo tão incerto nunca se sabe, o melhor é sem dúvida a companhia. Alguns quilómetros nos separavam mas nada que não se pudesse encurtar. Enquanto o carro seguia o seu caminho pela autoestrada – A2, deixando Lisboa para trás em direção ao algarve, ao encontro da nossa única filha para festejar o aniversário do meu marido e comemorar o dia do pai. Duas datas memoráveis para celebrar em família e para mais tarde recordar – as memórias acontecem e são nossas.

De entre muitas coisas que fizemos há uma que quero aqui registar até porque a Páscoa está aí não tarda. É sempre uma data muito marcante e relevante, lembramos a família, quer se juntem ou não estão sempre nos nossos corações, trocam-se mensagens com os amigos. É comum nesta data as mensagens de carinho, de esperança, de alegria e a desejar uma Feliz Páscoa.

Nesta Páscoa … Abra o coração … Conviva em família … Vá passear … Tenha o gostinho de chocolate na boca… Porque não ir até à Quinta do Mel!? … A minha família foi e gostamos.

 

Nunca é demais lembrar que cada dia que acordamos é o começo de uma nova página na história da nossa vida – reúna a família, reveja amigos, festeje o feriado e o domingo de Páscoa com alegria e em harmonia. Faça nesta Páscoa a sua história, é tempo de partilhar bons momentos, muitos deles à mesa, com folar (o doce tradicional da Páscoa), com amêndoas, ovos de chocolate mas sem esquecer o ambiente.

quinta do mel - mel do algarve

 

Fica aqui a sugestão do Hucilluc para um convívio familiar, faça um programa e desfrute na Quinta do Mel os variadíssimos chás, morangos, mel e doçaria tradicional, entre outros, produzidos na quinta, e de venda exclusiva ou simplesmente um jantar de comida tradicional e mediterrânica ou ainda se preferir tem a opção vegetariana ou se é um apaixonado pela natureza aproveite uma estadia nesta unidade de agroturismo – “um reduto no campo junto às praias do algarve”.

Feliz Páscoa!

http://www.quintadomel.com/

Horta dos Brunos – Sugestão para um jantar no dia do pai.

Horta dos Brunos – Sugestão para um almoço ou jantar com o seu pai. Um restaurante de comida tradicional Portuguesa de excelência.

Gosta de comer um bom prato da nossa cozinha portuguesa, tão rica em sabores, com uma qualidade excelente? Então não deixe de experimentar uma refeição no restaurante Horta dos Brunos, em Lisboa.

Aproxima-se o dia do Pai e nós damos-lhe a sugestão para um almoço ou jantar com o seu pai. O preço é justo face à qualidade da comida e dos vinhos e o seu pai merece!

O espaço não é grande, tem uma decoração simples, mas agradável e confortável. Possui um serviço irrepreensível, onde a excelência está na confeção dos pratos de carne ou de peixe, no sabor autentico e na qualidade dos produtos utilizados. É também de destacar a grande variedade de vinhos que fazem parte da lista que se encontram no expositor no interior da sala patenteando a paixão do dono, Pedro Filipe um dos grandes profissionais da restauração em Lisboa, pelo vinho.

Dos vários petiscos disponíveis como entrada, experimentamos uma salada de pimentos, avançamos para uma deliciosa massada de peixe, acompanhamos com um excelente vinho Foz Torto, proveniente da Região Demarcada do Douro, junto do Pinhão e na confluência dos rios Torto e Douro. Terminamos com uma encharcada que nos deixou a boca doce e com vontade de repetir a experiência gastronómica provando outros pratos servidos na Horta dos Brunos.

Conheça melhor o restaurante visitando a página do facebook em: https://www.facebook.com/hortadosbrunos/, de onde retirámos as fotos publicadas neste artigo.

 

Cervejaria Trindade

Um local ímpar na história das cervejarias em Portugal.

Um local ímpar na história das cervejarias em Portugal.

Conhecemos desde há bastantes anos a cervejaria Trindade na rua Nova da Trindade, em Lisboa. O restaurante é um espaço mítico, que carrega muita história, vista e sentida na sua arquitetura e nos admiráveis azulejos do século XIX que decoram as paredes das salas. Os painéis de azulejos do átrio de inspiração maçónica são únicos na beleza e raridade. Também as mesas corridas de madeira e os bancos lembram os refeitórios antigos e transportam-nos para uma época medieval.

Guardamos na memória tempos da juventude em que, por vezes não muitas pois os trocos nos bolsos não abundavam, após as aulas da faculdade se passava pela Trindade para beber uma cerveja e comer um bife. Recordamos também a época em que as cervejarias não abundavam na cidade de Lisboa e uma visita à Trindade para comer um bom “Bife à Trindade” com um molho delicioso acompanhado de uma boa cerveja constituía uma experiência deliciosa. Passados alguns anos, o bife já não é o que era mas, a visita continua a valer a pena pelo ambiente, coleção de azulejos e pelo marco/tradição que esta cervejaria encerra.

Os pratos típicos são o Bife à Trindade, do Lombo, da Vazia ou de Alcatra, regado com o famoso Molho à Trindade. Mas também pode optar por marisco, acompanhado por uma boa cerveja e tremoços. A relação preço/qualidade razoável.

Faça uma surpresa a alguém que aprecia locais de tradição faça uma visita a esta cervejaria, admirem juntos os painéis de azulejos e experimente o tradicional bife à trindade.

azulejos

Um pouco de História

Assim nasceu a Cervejaria Trindade – A origem deste restaurante remonta aos anos de 1836, quando foi criada a Fábrica de Cervejas Trindade que veio a abrir um balcão para venda direta ao público.

Historicamente, o Carmo e a Trindade eram dois conventos designados por Carmo (da Ordem das Carmelitas) e Trindade (pertencente a uma ordem religiosa designada Ordem da Santíssima Trindade). Os dois conventos ruíram aquando do terramoto de 1755. Desde então surgiu a expressão, bem portuguesa, “cai o carmo e a trindade”, utilizada para designar grande assombro perante uma grande surpresa e/ou tragédia.

A Cervejaria Trindade é considerada de “Património Cultural da Cidade de Lisboa” e “Património Relevante de Valor Histórico-Cultural” em 1997, foi também condecorada com a medalha de “Mérito Turístico no grau de Prata por prestação de serviços relevantes para o turismo Português” em 1987.

Sugestão: Para um dia especial faça uma marcação prévia e ofereça um cartão presente.

trindade cartão

Pode ler mais e ficar a conhecer esta cervejaria na sua página oficial em: http://www.cervejariatrindade.pt/

As imagens aqui publicadas são retiradas do site da Cervejaria Trindade.

Restaurante “Casa Nepalesa”

Na Av. Elias Garcia em Lisboa, encontra um restaurante onde pode degustar comida tradicional Nepalesa, o restaurante “Casa Nepalesa”.

Na Av. Elias Garcia 172A, em Lisboa encontra um restaurante onde pode degustar comida tradicional Nepalesa, o restaurante Casa Nepalesa.

Aqui saboreia-se uma comida aromática, de sabor natural que evidencia a boa qualidade dos ingredientes utilizados, muito à base de legumes, de arroz, de frango e de cabrito ou borrego, temperados com especiarias tradicionais. O ambiente informal, o serviço atencioso e a decoração rústica tornam-no num espaço acolhedor e intimista.

Num jantar a dois, iniciámos a refeição com umas tradicionais e gostosas “bolinhas de cebola e grão”, chamusças de frango e de legumes, acompanhando com pão fofo de alho e um pão picante com malagueta e gengibre, e uma variedade de molhos desde o picante ao agridoce. Gostámos! De entre as várias opções que constam num menu vasto, provámos dois deliciosos pratos típicos um de frango com espargos verdes frescos e molho de caril, e um prato vegetariano composto por vários tipos de legumes também em molho de caril, acompanhámos com arroz branco Basmati. Ao final da refeição um gelado de manga e pistácio delicioso e apresentado de forma artística. Caso pretenda, pode optar por um menu de degustação cuja escolha dos pratos fica a cargo do chef. O preço é compatível com o ambiente e a qualidade da comida. É uma experiência de degustação a repetir.

Dado que o espaço não é grande, aconselhamos uma reserva prévia.

As fotos publicadas foram retiradas do site do restaurante. Pode consultar informação adicional site do Casa Nepalesa.

 

 

Alguma informação sobre o Nepal

A Republica Democrática do Nepal, é um país asiático na região dos Himalaias cuja capital é Katmandu. É um país interior, situado entre o Tibeth (China) e a Índia, com uma grande diversidade de flora muito inerente ao clima e à grande diversidade de altitudes e de solos, numa extensão muito pequena de terra.
O ponto mais alto da Terra no Monte Everest com 8.848m de altitude, situa-se no território do Nepal

É um país pobre que tem sofrido algumas catástrofes naturais. A população é composta por várias etnias, cuja cultura é variável, mas fundamentalmente hinduísta com fortes influencias budistas.

A sua atividade agrícola principal consiste no cultivo do arroz em terraços/patamares que ajudam a conter a erosão dos solos. Para além da cultura do arroz a economia do país baseia-se no turismo. O Nepal tem grande importância para o turismo, sendo reconhecido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura devido ao valor histórico e ao grande acervo monumental existente no país.

bandeira nepal

 

O Nepal é o único país do mundo que possui uma bandeira nacional que não tem forma de quadrilátero. O vermelho na bandeira representa a vitória na guerra ou a coragem, é também a cor da flor do rododendro, a flor nacional do Nepal. A cor azul no bordo da bandeira significa paz. A Lua é um símbolo da natureza pacífica e calma do Nepal e o Sol  a agressividade dos nepaleses guerreiros.